Família que Reza Unida…

PENSEMOS HOJE NA NOSSA ORAÇÃO se a família e as pessoas que temos ao nosso cuidado ocupam no nosso coração o lugar querido por Deus. Juntamente com a própria vocação, esse, sim, é um tesouro que dura até à vida eterna. Talvez percebamos algum dia que outros tesouros que nos pareciam importantes se converteram pela falta de retidão de intenção em traça e ferrugem, ou que eram tesouros falsos ou de pouco valor.

Todos devemos poder dizer a respeito dos que nos foram confiados: Cor meum vigilat – o meu coração está vigilante; é a inscrição que se lê diante de uma das muitas imagens de Nossa Senhora em Roma. O Senhor nos quer vigilantes com todos, mas antes de mais nada com os nossos, com aqueles que nos confiou. Pede-nos um amor atento, um amor capaz de perceber que determinado membro da família descuida os seus deveres para com Deus, e então ajudamo-lo com carinho; ou que está triste e isolado dos demais, e temos mais atenções com ele… Pede-nos um coração vigilante que saiba reagir se percebe que se introduzem na família modos de proceder que desdizem de um lar cristão, se se vêem programas de televisão sem os selecionar ou com excessiva freqüência, se há um clima de indolência e desleixo, se há frieza ou indiferença deste ou daquele para com os outros…

E procura-se corrigir essas falhas sem irritações, dando exemplo, com oração, com mais detalhes de carinho. E se alguém fica doente, todos ajudam, porque aprendemos que os enfermos são prediletos de Deus e nesse momento a pessoa que sofre é o tesouro da casa; e ajudam-no a oferecer a sua doença, a rezar alguma oração, e procuram que sofra o menos possível, porque o carinho tira a dor ou a alivia; pelo menos, faz dela uma dor diferente.

Numa época como a nossa, a melhor maneira de defender a família é, além do carinho humano verdadeiro, a preocupação de fazer com que Deus esteja presente de uma forma grata no lar: pela bênção dos alimentos, rezando com os filhos mais pequenos as orações da noite, lendo com os mais velhos algum versículo do Evangelho, rezando alguma oração breve pelos defuntos, assim como pelas intenções da família e do Papa. E o terço, a oração que os Sumos Pontífices tanto recomendaram que se rezasse em família e que tantas graças traz consigo. Pode-se rezá-lo num momento que combine com o horário familiar, durante uma viagem de carro…, e nem sempre tem que ser iniciativa da mãe ou da avó: o pai ou os filhos mais velhos podem prestar uma colaboração inestimável nesta grata tarefa. Muitas famílias conservaram também o saudável costume de irem juntos à Missa aos domingos.

Não é necessário que sejam numerosas as práticas de piedade em família, mas seria pouco natural que não houvesse alguma num lar em que todos ou quase todos crêem em Deus. Não teria sentido que todos individualmente se considerassem bons fiéis e isso não se refletisse na vida familiar. Costuma-se dizer que os pais que sabem rezar com os filhos encontram mais facilmente o caminho que os leva aos seus corações. E estes jamais esquecem pela vida fora a ajuda que receberam dos pais para rezar, para recorrer a Nossa Senhora em todas as situações. Quantos devem ter achado a porta do Céu graças às orações que um dia aprenderam dos lábios de sua mãe, da avó ou da irmã mais velha!

E unidos assim, com um carinho grande e com uma fé forte, todos resistem melhor e com mais eficácia aos ataques de fora. E se alguma vez chega a dor ou a doença, é melhor suportada por todos juntos, e é ocasião de uma maior união e de uma fé mais profunda. A Virgem Maria, nossa Mãe, ensinar-nos-á que o nosso tesouro está na chamada do Senhor, com tudo o que isso implica, e na própria casa, no próprio lar, nas pessoas que Deus quis vincular à nossa vida para sempre.

Dentro do Coração de Jesus encontraremos infinitos tesouros de amor. Procuremos que o nosso coração se assemelhe ao dEle.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s