SEMANA SANTA: Do Domingo de Ramos ao Domingo da Ressurreição!

O sexto domingo da Quaresma, com o qual iniciamos a Semana Santa, é chamado de “Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor”. é neste dia que a Santa Igreja recorda a entrada de Jesus em Jerusalém para realizar seu mistério pascal.

Iniciamos a Grande Semana sob os acordes solenes dos hosanas do canto dolente da paixão. Paixão que nos recorda o amor apaixonado de Deus, que nos ensina a verdadeira dimensão do amor que é entrega, doação, renúncia e perdão.

Nos três dias, após o Domingo de Ramos, as comunidades celebram a fé de diversas e variadas maneiras; porém, o momento forte é a Santa Missa, acompanhada da Via-sacra, Celebração penitencial, Terço meditado, ou segundo o costume da comunidade.

O Sagrado Tríduo Pascal da Paixão e Ressurreição do Senhor (quinta, sexta e sábado), é o ápice de todo o ano litúrgico. A Vigília Pascal é a “mãe de todas as santas vigílias”, conforme nos ensina Santo Agostinho desde 1088. Toda Celebração da Sagrada Vigília deve realizar-se à noite, de modo que comece depois do anoitecer e termine antes da aurora do Domingo da Ressurreição ou Domingo de Páscoa.

Temos, no Tempo da Quaresma, uma média de 40 dias de preparação para a grande Festa da Páscoa que é a primeira de todas as solenidades do tempo litúrgico. No tempo pascal, de aproximadamente 50 dias, que começa com o Domingo de Páscoa e termina com o Domingo de Pentecostes, comemoramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte. Celebrar a Ressurreição de Jesus é celebrar a esperança que perpassa o tempo, a história e encontra o seu sentido profundo e real em Deus. Jesus, morto e ressuscitado, nos abre e nos indica este caminho.

Que ao longo desta Sacrossanta Semana, num mundo marcado pelo individualismo egoísta, pela ausência do sentido do sagrado, numa época onde tantos perderam a dimensão da fé, onde tantas crianças só conhecem a Páscoa através da propaganda de ovos de chocolate, em que os dias santos são vistos mais como uma grande oportunidade para se aproveitar um feriadão, nós possamos, como o grande apóstolo São Paulo, cujo ano jubilar celebramos, testemunhar, em meio a este mundo secularizado, que Deus em pessoa vem nos revelar o grande segredo da felicidade, o verdadeiro sentido do amor.

Fonte: Paróquia Nossa Senhora da Conceição

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s