O Profeta nos questiona

Não é fácil a missão que Deus escolheu para Jeremias. Este sacerdote de Anatot, cuja família de origem sacerdotal estava, há 300 anos, impedida de exercer as funções levíticas em virtude da traição de um ancestral chamado Ebiatar, que havia tramado contra o Rei Salomão, é chamado por Deus a uma função nada cômoda: denunciar os erros e falhas de um povo cujas más ações o levariam à ruína e à destruição.

A ele, Deus chama, encoraja. O Senhor o conhecia antes mesmo que nascesse, e o verbo conhecer, na visão semita, significa amar. Deus ama este homem que pertence a uma família segregada pelo passado, e que será perseguido pelos ouvintes do presente. Ninguém gosta de ouvir um “desmancha-prazeres”…

Também Jesus, em Nazaré, sua terra natal, merecia ser acolhido pelos seus. No entanto, é rejeitado por aqueles que esperavam um fazedor de milagres e não um homem que, conhecendo suas fraquezas, os convidava à conversão e à mudança de vida.

É fácil agradar-se de uma religião que se cala e até aceita os nossos erros, acenando-nos com sucessos, vantagens, lucros fáceis, prosperidade barata e bem-estar supergarantido. É a religião de mercado, daqueles que vêem a Deus como um vendedor atrás de um balcão, de quem só esperam aquilo que mais lhes agrada, sem abrir mão de toda sorte de erros, vícios e pecados.

Difícil é aceitar um Deus que nos propõe uma mudança de vida, que nos desinstala de nossos comodismos, que nos inquieta diante de nossos pecados, que nos convida a sermos novas criaturas. Por isso mesmo, nem Jeremias conseguiu evitar a tragédia que se abateria em Jerusalém, nem os habitantes de Nazaré reconheceram em seu conterrâneo, Aquele que ali poderia ter realizado muitos milagres, a começar pela mudança do coração de cada um.

Fonte: A MISSA (Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro)

Primeira leitura – Jr 1,4-5.17-19
Segunda leitura – 1Cor 12,31—13,13
Salmo – Sl 70
Evangelho – Lc 4,21-30

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s