Sentido do Sofrimento Cristão

 Por Tiago Guimarães, LC

Estava no Centro de teu Coração

Durante um período da sua vida, Santa Catarina de Sena sofreu fortes e persistentes tentações. Parecia que o pequeno quarto no qual vivia estava cheio de demônios. Foi a uma Igreja para rezar, mas também lá os maus pensamentos e tentações lhe perseguiam. Já muito perturbada, se entregou aos braços de Deus: "Senhor, tenho escolhido sofrer para vos agradar; também aceito, Senhor, este sofrimento e tentações, por todo o benefício que vós queirais tirar deles. Faça-se a vossa vontade!"

Finalmente aquela tempestade de tentações se acalmou, e a paz voltou a sua alma.

Um dia Jesus aparaceu para a santa com a cruz nas costas. Felicitou-a pela luta e ela experimentou um grande consolo, mas deixou uma doce queixa sair de seus lábios:

“Senhor, onde estáveis quando minha alma estava triste, e andava se enganado no lodo daqueles pensamentos tão feios?”

O Senhor lhe respondeu:

“Minha filha querida, eu estava constantemente no centro de teu coração!”

Quantas dificuldades experimentamos também na nossa vida? Quantas vezes andamos pelas estradas escuras da vida sem saber aonde ir! Muitas vezes nos sentimos como se aqueles aos que mais amamos nos tivessem abandonado, não é verdade?

Acima líamos um pequeno exemplo de Santa Catarina. No meio das dificuldades que ela sofria muitas tentações, maus pensamentos surgiram, e a paz da sua alma desapareceu. Ela se encontrava em uma profunda angústia, porque parecia que até nosso Senhor lhe havia abandonado. Mas ela sabia que Ele nunca nos abandona. Sua reação foi ir falar com Ele. Buscá-lo na Eucaristia. E lá ela se entregou aos braços de Deus.

Algumas vezes sentimos este temor de estar sós nos nossos sofrimentos. Mas temos que estar certos de que quando sofremos Cristo está mais perto do que nunca. Ele mesmo sofreu este sentimento de solidão no horto das Oliveiras! Ele quis sofrer o que nós sofremos para estar mais perto de nós. No seu sofrimento, o Pai nunca lhe abandonou. Ele sabia que Ele o acompanhava em silêncio.

Também no evangelho vemos como os apóstolos, ao ser surpreendidos pela tempestade repentina, se apavoraram e começaram a gritar por Cristo que estava dormindo no barco. Nosso Senhor lhes repreende pela sua falta de fé.

Na nossa vida temos estas mesmas tempestades. Podemos nos apavorar e pensar que Cristo se esqueceu de nós. O problema com a reação dos discípulos foi que eles gritaram sem fé: "Senhor, salva-nos, estamos perecendo!" (Mt 8, 25). Não confiaram que Ele tinha o controle da situação ainda que estivesse dormindo. Santa Catarina por sua vez, soube aceitar as dificuldades e confiou-se com fé ao amor de Cristo.

Há uma grande diferença nas duas atitude diante das dificuldades. Muitas vezes Deus, nosso Senhor, permite estas dificuldades na nossa vida para que percebamos que ele está conosco ainda quando pareça o contrário.

Ou talvez Ele permita que soframos para que ajudemos na salvação de tantas almas que precisam de nossos sacrifícios. Já pensou nisso? Sofrimento é uma vocação maravilhosa! É um chamado para participar com Cristo na redenção. Podemos unir as nossas dores de cada dia, sejam quais forem, e ajudar a Deus nosso Senhor a levar muitas almas ao céu.

Nunca nos esqueçamos que no sofrimento Cristo está muito mais perto de nós. Ele muitas vezes se esconde para que o busquemos com mais amor e desejos de santidade e o que é melhor, o fruto deste sofrimento é uma união mais forte com Cristo.

Faça o seguinte compromisso com Deus: Senhor Jesus, na próxima vez que vós permitirdes um sofrimento, ainda que eu não entenda o porquê, vou colocar-me na vossa presença, e vos direi como Santa Catarina: “Senhor, tenho escolhido sofrer para vos agradar; também aceito Senhor, este sofrimento e tentações, por todo o benefício que vós queirais tirar deles. Faça-se a vossa vontade!”

Nunca desanimemos. Cristo nos ama muito e nunca nos deixará só. Invoquemo-lo com fé.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s